21 de jun de 2010

Jogo para trabalhar a Consciência Fonológica

Autoras: Rejane Bruck, Cristiane Silva
Nome: Jogo da velha consciente
Material: É composto por:
·        Tabuleiro ‘A’ 3x3 (tradicional do jogo da velha) medindo 46x44cm, contendo: 12 figuras para marcar (6coelhinhos e 6cenourinhas) e um retângulo medindo 45x3, 5 cm para marcar a sequência de três;
·        Tabuleiro ‘B’ 2x3 dividido em 6 partes (cada parte representando um n.º de sílaba e para a colocação das gravuras).
·        40 gravuras variadas
Número de jogadores: 2 ou 4
Objetivo: O objetivo do jogo é preencher no tabuleiro ‘A’ em sequência de três, na diagonal, vertical ou horizontal e tentar impedir que o adversário o faça.
Descrição: É um jogo de estratégia que envolve a segmentação e a quantificação e que desenvolve:
·        A consciência de que as palavras são divididas em partes (sílabas) e que o número de partes pode variar conforme o tamanho da palavra;
·        A concentração, a percepção lógica, o raciocínio, a noção de sequência em diferentes posições.
Público alvo: É indicado, preferencialmente, para crianças que estão no nível de escrita pré-silábica
Modo de jogar:
·        Decide-se quem, ou qual dupla, vai iniciar a partida;
·        Quem iniciar tira uma gravura que está virada de cabeça para baixo no tabuleiro ‘B’;
·        A dupla diz o nome da figura e quantos pedaços (sílabas) ela tem (ex. casa = dois pedaços);
·        Coloca essa gravura no lugar correto (com dois marcadores);
·        Em seguida, escolhe uma jogada no tabuleiro ‘A’ [nesse tabuleiro o jogador deve formar com suas peças, uma sequência de três em vertical, diagonal ou horizontal];
·        Obs. Caso a dupla não responda corretamente ao n.º de pedaços (sílaba da figura) e a outra dupla souber a resposta, ela fica com o direito a jogar no tabuleiro ‘A’.
·        Ganha quem completar a sequência de três, primeiro, no tabuleiro ‘A’
·        Empate: ocorre quando o tabuleiro ‘A’ é preenchido e nenhum dos jogadores conseguiu realizar uma sequência de três, seja em diagonal, vertical ou horizontal.
Variações:
Quanto ao nível silábico:
·        Pedir que a criança ao retire uma gravura, diga o nome de outra palavra que inicie com o mesmo pedaço (primeira sílaba) da palavra. [Ex. casa, caneta]
·        Pedir que diga outra palavra que tenha o mesmo n.º de partes da palavra sorteada. [ex. ca-sa-co; ma-ca-co]
·        Pedir que produzam outras palavras que iniciem com o mesmo pedaço (sílaba) da figura sorteada
Quanto a outros níveis de consciência fonológica:
·        Pedir que diga o nome do desenho, quanta partes tem seu nome e também que diga outra palavra que rime com a sorteada (sílaba/rima/produção)
·        Pedir que diga outra palavra que inicie com o mesmo som da sorteada (aliteração/produção)
·        Pedir que diga os sons da palavra sorteada [ex. casa = [k], [a], [z], [a] (Consc. Fonêmica/produção)


[Jogo com registro]
                                      

2 comentários: