20 de jun de 2010

Dicas de filmes com autistas


· A SOMBRA DO PIANO – Franny luta por mais de trinta anos para dar apoio e respeito a Rosetta, sua irmã mais nova, que é autista. Ela acredita que Rosetta tenha uma intensa vida emocional e intelectual escondida sob o seu rosto impassível. O principal obstáculo é a mãe, Regina, uma cantora lírica que abandonou a carreira para se dedicar à família e agora, amarga e ressentida, é obcecada por controle e carente de adulação.
· AMADEUS – história de Amadeus Mozart, que era um autista asperger, ou seja, um autista de alta funcionalidade. Retrata a personalidade extremamente criativa de Mozart, em contraste com um mundo que rasteja na insanidade e na inveja; o autismo asperger de Mozart está presente no filme inteiro, e nos mostra que ser asperger não é para qualquer um, é na verdade um Dom com o qual poucas pessoas nascem, e portanto, devemos olhar para essas pessoas com carinho e respeito.
· BENNY E JHON – Estilo: comédia / drama – trata de um autista, sem grandes comprometimentos, no dia a dia com seu irmão, com quem vive. O filme não mostra o rótulo ‘autista’, mas para quem já conhece, logo vê que se trata de autismo.
· CÓDIGO PARA O INFERNO – Estilo: Policial – tem como tema uma criança autista de 9 anos, com considerável comprometimento. Essa criança de que trata o filme, apesar de seus défices, apresenta habilidades especiais, normalmente impossíveis para pessoas consideradas normais.
· EXPERIMENTANDO A VIDA – É a história de uma autista, Molly, 28 anos.
· FILHA DA LUZ – Tratado como terror, apresenta aspectos interessantes da forma como essa criança com alguns traços autistas relaciona-se com as pessoas.
· LOUCOS DE AMOR – Inspirada na vida de duas pessoas com a síndrome de Asperger, uma forma de autismo, cujas disfunções emocionais ameaçam sabotar se recém iniciado romance. Donald (Hartenett) é um cara legal, porém um motorista de táxi sem sorte que ama os pássaros e tem uma habilidade fora do comum com os números. Como muitos portadores da Síndrome, ele gosta de padrões e rotinas. Mas quando a bela mas complicada Isabelle (Mitchell) se junta ao seu grupo de ajuda aos autistas, sua vida – e seu coração – ficam de cabeça para baixo.
· MENTES QUE BRILHAM – É um filme que não trata do tema autismo, mas trata de um problema comum, o problema da inclusão social. Mostra a problemática envolvida com uma criança superdotada.
· MEU FILHO MEU MUNDO – Estilo: drama – sobre uma família com três filhos, sendo que o mais novo é autista. Os pais, com muita dedicação, empenho e amor, conseguem fazer com seu filho autista torne-se uma criança sociável.
· O GÊNIO DO VIDEOGAME – Menino autista é levado pelo irmão em uma viagem para disputar torneio de videogame.
· O MILAGRE DE ANN SULLIVAN – Este filme não trata o autismo, mas conta a história de Hellen Keller, cega, surda e muda e o trabalho de Ann Sullivan para integrá-la a sociedade. Mostra a importância da disciplina e do amor.
· PRISIONEIRO DO SILÊNCIO – A história de um grande amor de mãe pelo filho autista e a dúvida entre interná-lo ou não.
· REFRIGERATOR MOTHERS – no filme é mostrada a história de sete mães que foram responsabilizadas pelo autismo de seus filhos.
· RETRATOS DE FAMÍLIA - o filme fala de um autista mais comum, sem grandes habilidades, o que chama a atenção, pois a maioria dos filmes trata de temas muito fantasiosos.
· SHINE – O BRILHANTE – sobre a vida de David Helfgott, pianista australiano com síndrome de Asperger
· UM CETO OLHAR – Um homem se envolve num acidente de carro e, quando vai consolar a mãe de uma vítima, descobre que a mulher é autista e não consegue expressar seus sentimentos. Eles começam a conviver, mas tudo irá mudar quando o degelo e a neve derreter.
· UMA FAMÍLIA ESPECIAL – Dos sete filhos de Maggi, quatro são autistas em maior ou menor grau. Determinada, Maggi empreende então uma surpreendente luta, repleta de momentos mágicos, alegres e tristes, para ajudar seus filhos especiais a ter uma vida feliz.

Um comentário:

  1. Oi
    Parabéns pelo Blog, sinceramnete FANTÁSTICO!!!!

    ResponderExcluir