15 de jun de 2012

Ateus e não ateus


(Agora, com pouco tempo pra escrever, compartilho todos aqueles artigos, fotos...que considero significativo. Esse é muito bom! Vale a pena conferir!)

 

Eu havia escrito que não apoiava os ateus, pois eles estavam aquém de “Deus está morto”, de Nietzsche. E a filosofia segue com Nietzsche. Perguntar pela existência de Deus seria algo sem sentido. Afinal, como crer ou não crer em Deus se a metafísica acabou e seu oponente, o positivismo, se mostrou apenas o outro lado da mesma moeda? Ridículo não ouvir Nietzsche!
Todavia, descobri que estava pensando filosoficamente demais. Rorty diria: “sobrefilosoficação”, no sentido de “over”.
Meu filho Paulo Francisco Martins Ghiraldelli , que faz filosofia, me fez ver que eu estava errado. Foi ele que me lembrou estatísticas, mostrando o quanto não-ateus acreditam em coisas que emperram nossa vida, e que isso é o que faz com que gente como Daniel Dennett (ou Dawkins) e outros grandes filósofos se ponham atualmente como militantes da causa atéia.
Dennett não é ateu por conta de teologia e, sim, por conta de política: ser ateu para vários americanos e ingleses, hoje, é ser contra aquilo a que Deus está ligado nesses países: culto de nacionalismo exacerbado, culto do militarismo (veja que só Obama não tem repetido o “God Bless America” para lá e para cá), a defesa de currículos escolares anticientíficos e a defesa de negação de direitos a minorias, principalmente gays. Foi vendo esse lado político, que a juventude do meu filho me corrigiu. Lembrou ao pai o dever da velha militância libertária!
No Brasil de hoje, não estamos longe dessa calamidade: Deus ficou do lado errado!
Ponho de lado os ateus que pregam ateísmo como quem quer fundar igreja, mas fico com os ateus que entendem que a questão não é a crença em Deus, mas a crença em Deus porque Ele está aliado ao que há de pior na Terra. O ateísmo político se justifica por completo.
Paulo Ghiraldelli, filósofo, escritor e professor da UFRRJ




13 comentários:

  1. Muito interessante o texto mesmo e me identifiquei com bastante com ele. Vou recomendar a leitura

    ResponderExcluir
  2. Ateus e ateus...bem legal a ideia.
    Acho que faz bastante sentido embora haja ateus tão convictos que acabam virando um tipo de crente chato há também os ateus [eu acho até que seriam mais um tipo de agnóstico ou agnóstico-ateu, se é que o termo exite] que só não querem um deus que "está do lado errado"

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante o texto, mas afirmar com veracidade que sejam assim os ditos Ateus e não Ateus, e concordar com a sua militancia, é um tanto equivocado, no meu entender. Pois muitos se professam Ateus e na realidade não o são e vice-versa.
    Nóris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, Nóris! Concordo que não se pode afirmar, na verdade, NADA! O texto fala em ateus militantes (fanáticos, até), os ateus políticos (o qual me identifiquei)...e, claro, muitos não ateus se professam ateus por equívoco e vice-versa. Concordo contigo!

      Excluir
  4. Oi amiga...seu blog está muito joia.
    Parabéns pelas postagens!
    Tem selinho Feliz com vc -200 seguidores para você.Passe lá.É todo seu! Faz parte da conquista.
    Tudo de bom e até mais!
    rosangelaprendizagem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa o quanto foi difícil fazer este comentário com medo de errar e falar bobagem...Mas as ideologias de Deus criadas pelos homens estão cada vez pior...Se em nome de Deus tantas coisas foram feitas, os supostos seguidores da contemporaneidade as fazem em nome de Jesus...
    Espero sua visita no EDB2012
    http://escritordebrinquedo.blogspot.com.br/2012/06/firework-i.html

    ResponderExcluir
  6. Concordo, o problema não é Deus e sim a imterpretação e as coisas que cada ser humano faz em teu nome.

    ResponderExcluir
  7. Concordo plenamente, está difícil de acreditar nas pessoas ultimamente!
    Belo texto, grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Bem, queridos do blog se Deus é algo subjetivo.

    Tem como se comprovar a existência do raciocinio ou melhor da inteligência?

    ResponderExcluir
  9. se tiver, qual os métodos para essa comprovação?

    ResponderExcluir
  10. Olá Rejane
    Gostei muito do seu blog...Parabéns!

    Me visite e deixe seu comentário, se quiser me seguir..obrigada !

    bj
    Andrea
    http://pensandopsicanalise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Rejane, mt coisa boa...legal seu blog!
    http://trabalharnopc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Rejane, mt coisa boa...legal seu blog!
    http://trabalharnopc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir