3 de mar de 2011

Falando Difícil

Além de curioso é possível desenvolver diversas atividades partindo dessas definições, como trabalhar o vocabulário e a criatividade, por exemplo.   

FALANDO DIFÍCIL


Águas passadas não movem moinhos
A substância insípida, inodora e incolor que já se foi não é mais capaz de comunicar movimento ao engenho de triturar cereais.
À noite, todos os gatos são pardos
Quando o sol está abaixo da linha do horizonte, a totalidade dos animais domésticos da família dos felídeos é de cor mescla entre branco e preto.
Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura
Substância inorgânica polar, composta por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio de estrutura não-rígida, ao chocar-se reiteradamente contra substância calcária de fortes ligações interatômicas no estado sólido, termina, após certo tempo, por conseguir com sucesso atravessar a complexa geometria molecular do segundo corpo em questão.
Amor de pica é que fica
Sentimento afetivo diretamente relacionado com o órgão humano localizado ao meio do tórax é intensamente fixado nas fêmeas após o primeiro contato com o aparelho reprodutor masculino.
Casa de ferreiro, espeto de pau
No recinto em que reside o artesão o qual habilmente manipula ligas metálicas compostas principalmente de elemento ferroso, a ferramenta comprida e pontiaguda largamente utilizada em churrascos é, na verdade, composta de substância vegetal extraída das gimnospermas.
Cão que ladra não morde                                                                                                 
Mamífero quadrúpede da origem dos carnívoros, da família dos canídeos, que emite sons gritantes não utiliza sua mandíbula para comprimir os dentes.
Cair matando
Derrubar com intenções mortais.

Cavalo dado não se olha os dentes
Bucéfalo de oferendas não perquiris formação odôntica.
Cesteiro que faz um cesto faz um cento
O artífice que fabrica cabaz fundo é capaz de fabricar vinte vezes o quíntuplo disso.
Conversa mole pra boi dormir
Prosopopéia flácida para acalentar bovinos.
Chutar o balde
Derramar água pelo chão através do tombamento violento e premeditado de seu recipiente.
Chutar o pau da barraca
Derrubar, com a extremidade do membro inferior, o suporte sustentáculo de uma das unidades de acampamento.
Cu de bêbado não tem dono
Orifício circular corrugado, localizado na região inferior lombar de um cidadão em alto estado etílico, deixa de estar em consonância conforme os ditames vigentes na sociedade e conforme as leis de propriedade vigente.
Duas cabeças pensam melhor do que uma
A parte do corpo humano onde se aloja grande quantidade dos órgãos dos sentidos, além do cérebro e da boca, quando encontra-se em duas unidades, consegue raciocinar e elocubrar de forma superior do que quando encontra-se de forma unitária.
De grão em grão, a galinha enche o papo
De unidade de cereal em unidade de cereal, a ave de crista carnuda e asas curtas e largas da família das galináceas abarrota a bolsa que existe nessa espécie por uma dilatação do esôfago e na qual os alimentos permanecem algum tempo antes de passarem à moela.

Dar um pé na bunda
Impulsionar a extremidade do membro inferior contra a região glútea de alguém.

Dar uma de João sem braço
Aplicar a contravenção do Dr. João, deficiente físico de um dos membros superiores.

Engolir o sapo
Deglutir o batráquio.
Em terra de cego quem tem um olho é rei
Em um lugar onde as pessoas tem deficiência visual total, aquele que possui um dos órgãos responsáveis pela visão é considerado o detentor do trono real e esposo da rainha.
Encher o saco
Inflar o volume da bolsa escrotal.
Mentira tem perna curta
Uma afirmação que não explicita os acontecimentos como, de fato, ocorreram, apresenta membros inferiores pelo qual está compreendido entre a articulação do joelho e a do tornozelo, de dimensão reduzida.
Não se entrega ouro a bandido
Não é costumeiro dos indivíduos, procederem deliberadamente a disponibilização de um dos mais caros materiais existentes no planeta, material este que possui coloração dourada, a indivíduo que possua folha corrida recheada de antecedentes criminais.
Nem a pau
Sequer considerar a possibilidade de utilização de um longo pedaço de madeira.
Nem que a vaca tussa
Sequer considerar a possibilidade da fêmea bovina expirar fortes contrações laringo-bucais.
O hábito não faz o monge
O traje característico que usa não identifica fundamental a pessoa que, por fanatismo, misticismo ou cálculo, se isola da sociedade, levando vida austera e desligada das coisas mundanas.
O diabo não é tão feio quanto se pinta
O Espírito das Trevas não é tão destituído de encantos e graças físicas quanto se o representa por meio de traços e cores.
Pelo dedo se conhece o gigante
Por cada um dos prolongamentos articulados em que terminam pés e mãos do ser humano se estabelece a identidade do ser de tamanho descomunal.
Pagar o mico
Creditar o primata.
Quem vê cara não vê coração
Qualquer indivíduo considerado um ser humano, homem ou mulher, que percebe pela visão a configuração exterior de alguém pela sua aparência, através de uma negação torna-se uma figura impossibilitada de tomar conhecimento com seu olhar do órgão muscular oco, na cavidade torácica, que recebe o sangue das veias e o impulsiona para dentro das artérias.

Quem cala consente
Quando um indivíduo não se manifesta a respeito de um determinado assunto, pressupõe-se que este indivíduo está de acordo com o referido assunto.

Quem ama o feio bonito lhe parece
Aquele que se deixa prender sentimentalmente por criatura destituída de dotes físicos de encanto ou graça acha-a dotada desses mesmos dotes que outros não lhe vêem.
Quem diz o que quer ouve o que não quer
Aquele que anuncia por palavras tudo o que satisfaz ao seu ego tende a perceber por seus órgãos de audição coisas que não desejaria.
Quebrar a cara
Romper a face.
Roupa suja se lava em casa
Artigo de vestuário que encontra-se destituído de higiene deve ter o seu processo de higienização feito dentro do domicílio.
Santo de casa não faz milagre
A criatura canonizada que vive em nosso próprio lar não é capaz de produzir feito extraordinário que vá contra as leis fundamentais da natureza.

Seu filho da puta!
Herdeiro da Profissional Autônoma que Atua na Locação do Próprio Corpo por Tempo Determinadíssimo.

Tirar o cavalinho da chuva
Retirar o filhote de eqüino da perturbação pluviométrica.

Vai pra puta que o pariu
Retornai à meretriz que vem a ser vossa genitora.



Referência:

10 comentários:

  1. Hahaha, muito bom,da próxima vez que eu falar algo que todos já estão acostumados vou usar alguma descrição colocada aqui. Adorei.Bjs

    ResponderExcluir
  2. hehe, bom pra bancar o sabido sem ser!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, adorei! vou começar a falar assim pra impressionar
    bj!

    ResponderExcluir
  4. Permita-me?
    Se me deres uma resposta de cunho evasivo,procurando subterfugiar que são claros sinais de seres irracionais desprovidos de firmeza de caráter.Poderei subitamente arrojar-te com um rijo bastão de celulose compacta na região toráxica levando -te à forma reduzida que causa nojo substancial melequenta e esponjosa,causando em teu débil aspecto visual uma langanha.
    Sabendo agora que sou meigo e sensível, comporte-se como uma bacia velha: Vaza!
    Tadução:Se nã souberes a resposta, vou te quebrar no pau. Suma!

    ResponderExcluir
  5. Ô, alimento ingerido ao intestino, excluido de todo o valor substancioso ao organismo, expelido pelo tubo reto excrementalmente.
    Ou melhor:
    Ô, merda!
    Vulgarmente:
    Bosta.

    ResponderExcluir
  6. Ao(s) anônimo(s) acima: ótimas contribuições...hahahaha

    ResponderExcluir
  7. Ô, afro-descendente,por que te jaz imoto sobre esta pista de rolamento, propiciando facilidade de sererdes surpreendido mecanicamente por uma máquina automotriz que com impacto a este teu débil e nada esperto porém, vulnerável físico, poderá sucumbir a estas fragérrimas articulações e estruturas osséas pouco calcificada, esfacelando-as?
    Ou seja:
    Ô neguim magrelo quer ser atropelado?

    ResponderExcluir
  8. Estamos juntos aí, ReJAANE!!!

    ResponderExcluir