29 de ago de 2015

SIMULAÇÃO DE CAMPANHA POLÍTICA - 4º ANO

Aí ontem, durante a aula sobre direitos e deveres constitucionais e a cidade de Canoas com o 4º ano, resolvemos fazer uma simulação de campanha política. Pra isso foram formados dois "partidos políticos", cada qual com sua plataforma e seu discurso de campanha e o povo, formado pelo restante dos alunos. Houve também votos com cédulas de papel e uma urna feita com caixa de sorvete. Ah, e teve até campanha de boca de urna... ilegal!

O mais bacana de tudo foi o debate entre os representantes políticos e o povo. Estava tão divertido, inteligente e criativo que eles não queriam que terminasse nunca. Algumas das falas:

A promessa: "Eu prometo aumentar os salários e diminuir os impostos..."
A réplica do povo: "Eu só vejo vocês falando que vão aumentar salários, fazer isso e aquilo... mas com que verba se vão diminuir os impostos?"
Resposta do político: "Ah, mas nós vamos contar com a ajuda do povo..."
Tréplica do povo: "De que jeito se vão diminuir os impostos? Ou vão aumentar? Se decidam."

Outras perguntas do povo: "O que vocês pretendem fazer com os moradores de rua?" "Vocês não vão fazer igual ao Sartori e parcelar os salários, né?" "E como nós vamos saber que vocês vão cumprir com o que prometem? Os políticos sempre prometem mas não cumprem..."
e respostas dos políticos: "Nem todos os políticos são iguais" (referindo à sua integridade); "vamos dar direitos a todos igualmente"; "...e construir abrigos pros moradores de rua..."


E ao final, votação e contagem de votos com representantes de cada partido fiscalizando. Houve votos válidos e um branco (meu, pra dar mais emoção!) e a comemoração do partido vencedor.